segunda-feira, 8 de maio de 2017

Moro nega pedido da defesa de Lula para fazer gravação em audiência

Para o juiz federal, Lula e os advogados 'pretendem transformar um ato normal do processo, o interrogatório, oportunidade que o acusado tem para se defender, em um evento político-partidário'.


Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve depor ao juiz Sérgio Moro na quarta-feira (10), em Curitiba (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil) Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve depor ao juiz Sérgio Moro na quarta-feira (10), em Curitiba (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil) Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve depor ao juiz Sérgio Moro na quarta-feira (10), em Curitiba (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
O juiz Sérgio Moro negou, nesta segunda-feira (8), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para fazer uma gravação própria do interrogatório marcado para esta quarta-feira (10), em Curitiba. Contudo, informou que será feita uma gravação adicional com um ângulo mais amplo da sala de audiência.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário